• GeoAmbiental Jr.

A geração de resíduos na quarentena

Desde o início da quarentena a quantidade de lixo domiciliar tem aumentado consideravelmente devido os inúmeros pedidos de comida por aplicativos de celular, os quais vem em embalagens que dificilmente terão um destino ecologicamente correto, visto que a grande maioria dos municípios do país ainda depositam seus resíduos em lixões a céu aberto (entenda mais sobre as diferenças entre o aterro sanitário e o lixão). Porém, tomemos a grande São Paulo como exemplo, a capital teve uma queda de 55% no volume de lixo nas ruas e a coleta seletiva aumentou em 25% (dados de Abril de 2020).

Será que não é o momento ideal para pensarmos mais sobre o nosso consumo, que muitas vezes pode sim ser minimizado, e também sobre o descarte final de nossos resíduos? Vamos a algumas dicas de como podemos impactar positivamente o meio ambiente, sem sair de casa!

Primeiro claro, pensar e repensar duas vezes antes de querer consumir algum produto industrializado e que a embalagem possa ser prejudicial. Opte por produtos orgânicos se possível, ou ainda verifique se as marcas que você consome possuem um selo de embalagem reciclável.

Segundo, que tal apostar em uma composteira doméstica? Você sabe o que é? Conhece seus benefícios? Temos um vídeo no instagram que falamos sobre tudo isso e ainda ensinamos a fazer de uma forma muito simples e prática. Confira aqui.

Outra forma ainda de ser sustentável nesse período de isolamento social é continuar investindo na separação do lixo reciclável e do lixo orgânico. Em Presidente Prudente, a Cooperativa Cooperlix continua fazendo a coleta seletiva, confira o dia que ela passa no seu bairro no site deles. E procure se informar se a sua cidade também continua com o trabalho de coleta seletiva.

Agora, se você possui um estabelecimento e quer se tornar mais sustentável, já pensou em investir no Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos? Além de oferecer uma segurança de que os processos produtivos serão controlados, reduz e evita grandes poluições ambientais e suas consequências para a saúde pública e desequilíbrio da fauna e da flora. E também, o PGRS obrigatório pela Lei 12.305/2010 para alguns empreendimentos industriais ou comerciais.

E por fim, abuse da criatividade e originalidade, recicle e reuse o que for útil para você. Utilize desse tempo a mais que temos para quem sabe se tornar um artista, afinal é em tempos de crise que surgem as grandes mudanças. Não tenham medo de se arriscar. Se cuidem e fiquem em casa!

(18) 3229-5412 

ACOMPANHE NOSSAS REDES SOCIAIS 

  • LinkedIn - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle