• GeoAmbiental Jr.

Marketing verde: o que é e como aplicar na sua empresa

Atualizado: Ago 3

O conceito de marketing verde é relativamente novo, a ideia inicial surgiu no começo da década de 60 com o início da conscientização ecológica pela população europeia e estadunidense, mas foi a partir dos anos 90 que esse termo ganhou ainda mais força e começou a ser de fato implementado pelas indústrias.

Mas o que é o marketing verde? Também conhecido como marketing ambiental ou ecomarketing, tem como objetivo mostrar para os consumidores que a empresa possui uma consciência ambiental e está preocupada com o desenvolvimento sustentável, e é possível identificar essas empresas quando encontramos frases do tipo “valorizamos a biodiversidade”, “nossos produtos não agridem a natureza” ou também “nossos produtos são 100% natural”, nas embalagens dos produtos comercializados por elas.

As vantagens do marketing ambiental são benéficas para todos os envolvidos, começando pelo próprio planeta, onde com essas atitudes podemos garantir um impacto ambiental menos agressivo, mantendo um ecossistema mais saudável, já para a companhia os benefícios podem ser observados com o aumento do lucro, visto que agora essa empresa possui um diferencial em relação aos concorrentes, ganha mais credibilidade, atrai o público consciente que como consequência terá o marketing de recomendação, além de diminuir os seus custos de produção a longo prazo. No caso do consumidor o ganho é em relação a imagem que ele vai passar para a sociedade, como sendo uma pessoa consciente ambientalmente a também irá aumentar as opções de consumo para aqueles que já representam a parcela da população preocupada com a natureza.

Para uma empresa estar de acordo com o ecomarketing ela deve seguir algumas condições, que são elas: ser ecologicamente correto; economicamente viável; socialmente justo; e culturalmente aceito. Além disso elas devem seguir principalmente os 3 R’s, que incluem a redução no consumo de matéria prima que agride o meio ambiente ou então a redução na geração desses materiais, o segundo “R” está relacionado à reutilização, e por último vem a reciclagem.

Pequenos e novos empreendimentos vão ter maior facilidade em implementar as mudanças, visto que por estar no começo é mais fácil ter o controle das atividades e identificar a postura dos funcionários para inserir as novas práticas e hábitos. Investir em reciclagem e reaproveitamento de materiais desde do início garante uma economia maior a médio ou longo prazo, também se torna mais fácil eliminar ou substituir os produtos poluentes por outros que não sejam, ou sejam menos. Estas atitudes incentivam a criação de produtos melhores e mais duradouros.

No entanto, muitas empresas vendem essa imagem de ser ecologicamente correta, mas durante todo o seu processo produtivo essa atitude não é encontrada, gerando então o que chamamos de greenwashing, que traduzido para o português significa “lavagem verde” e consiste na camuflagem dos reais impactos que um determinado produto causa para o meio ambiente, e assim, acabam enganando o consumidor, passando uma imagem que é totalmente diferente da realidade.

Muitas empresas fazem isso pois o mercado está cada vez mais exigente em relação as pautas ambientais e para as grandes companhias, mudar todo o seu processo de produção pode custar muito caro, pensando nisso, foram criados diversas certificações ambientais e selos que garantem ao consumidor que está empresa está dentro das normas exigidas para serem consideradas ecologicamente corretas. As certificações mais utilizadas no Brasil são a FSC (Forest Stewardship Council), IBD (Instituto Biodinâmico), PROCEL e Ecocert, além da certificação ISO 14021.

Ainda assim, ocorrem o uso ilegal dos selos, então para verificar se aquela empresa realmente possui essa certificação, basta entrar no site da certificadora e conferir se o nome da indústria encontra-se no cadastro. Um outro ponto importante é que muitas vezes as companhias apresentam soluções pontuais para os seus produtos, como exemplo podemos citar as indústria de cosméticos que se preocupam com o seu produto ser natural, ecológico, mas na hora de preparar a embalagem acabam colocando em um recipiente de plástico comum, fazendo com que o produto em geral não esteja livre dos impactos negativos.


(18) 3229-5412 

ACOMPANHE NOSSAS REDES SOCIAIS 

  • LinkedIn - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle