• GeoAmbiental Jr.

Você sabe o que são corredores ecológicos?

Atualizado: Out 22

A importância dessa área para o ecossistema e biodiversidade.

Corredores ecológicos são fragmentos florestais ou unidades de conservação separadas pela atividade humana, definida pelo Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza – SNUC (Lei 9.985, de 18 de julho de 2000), sendo uma estratégia integradora de gestão de ecossistemas, com objetivo de deslocar espécies da fauna entre as áreas isoladas, visando a troca genética entre as elas, dispersando sementes e promovendo a movimentação da fauna e da flora.



Esse conceito surgiu em 1990 e é uma das principais estratégias utilizadas na conservação da biodiversidade de determinado local. Os corredores são planejados e executados por iniciativa de ONGs ambientais ou iniciativa governamental.


Em alguns casos o projeto é implantado pelo produtor rural, através de uma simples mudança de comportamento, como pelos produtores do município de Uruçuí (Piauí), que nas lavouras substituíram o cultivo tradicional, deixando o solo sempre coberto com material orgânico, protegendo o solo da erosão e com umidade capaz de preservar as qualidades físicas, químicas e biológicas.


Atualmente no município de Uruçuí os corredores ecológicos já integram cerca de 20 mil hectares em propriedades vizinhas e tem área plantada de aproximadamente 65 mil hectares,

Os animais silvestres e as espécies nativas dos cerrados estão sendo preservados.

As atividades humanas em espaços terrestres geram a fragmentação e perda de habitats, impossibilitando o deslocamento de sementes e animais, originando a metapopulação, uma subpopulação de uma mesma espécie que não se ligam entre si.


As ações humanas mais recorrentes e prejudiciais à fragmentação de ecossistemas e das espécies são as atividades madeireira,construção de estradas e rodovias, agricultura e desmatamento. Essas atividades geram a perda do habitat, separação de animais da mesma espécie e até mesmo a morte.


O projeto dos corredores ecológicos foi criado a partir de dados do estudo de deslocamento de espécies, seu habitat, e a distribuição de suas populações, estabelecendo regras de utilização nessas áreas, aplicadas sempre que um novo corredor é projetado, com a finalidade de diminuir os impactos ambientais, reduzir a fragmentação e restaurar a conectividade da paisagem, facilitando o fluxo gênico de espécies animais e vegetais, criando uma viabilidade de populações que demandam mais do que o território de uma unidade de conservação para sobreviver.



Assista:




Veja também


Passagens de fauna: a melhor solução que funciona!

http://www.grupoecoeco.com.br/home/solucoes-passagem-de-fauna.php



Referências


[1] Ministério do Meio Ambiente

https://www.mma.gov.br/areas-protegidas/programas-e-projetos/projeto-corredores-ecologicos#:~:text=Corredores%20Ecol%C3%B3gicos%20s%C3%A3o%20%C3%A1reas%20que,ind%C3%ADgenas%20e%20%C3%A1reas%20de%20interst%C3%ADcio.


[2] O que são corredores ecológicos

http://www.grupoecoeco.com.br/home/solucoes-passagem-de-fauna.php


(18) 3229-5412 

ACOMPANHE NOSSAS REDES SOCIAIS 

  • LinkedIn - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle