top of page
  • Foto do escritorGeoAmbiental Jr.

Dia Internacional das Mulheres e Meninas na Ciência

Sobre a data


No dia 11 de fevereiro comemoramos o Dia Internacional das Mulheres e Meninas na Ciência. Esta data foi instituída em 2015 por meio da Assembleia das Nações Unidas e passou a integrar o calendário de eventos da Fundação em 2019. Sob a liderança da Unesco e da ONU Mulheres, a data é comemorada em diversos países, e conta com atividades que visam dar visibilidade ao papel e às contribuições fundamentais das mulheres nas áreas de pesquisa científica e tecnológica.


Segundo a UNESCO (Agência da ONU para Educação, Ciência e Cultura), a data traz o lembrete para a criação de oportunidades de promoção do acesso à ciência, assim como para o tratamento igualitário de mulheres e meninas na área, e caminha junto com os diversos debates acerca da igualdade de gênero, prevista na agenda 2030 da ONU. Assim, ela se relaciona intimamente à redução das demais desigualdades presente na sociedade e com os objetivos para um desenvolvimento mais sustentável.


Importância do Dia Internacional das Mulheres e Meninas na ciência: em números.


Quais cientistas de destaque na história do mundo você conhece? Quantos desses nomes que você pensou são de mulheres?


Dificilmente ao ouvir a palavra cientista a ideia que nos surgirá será a de uma mulher segurando tubos de ensaio.


E isso acontece porque a área da Ciência é monopolizada há muitas centenas de anos pelo sexo masculino, refletindo não apenas na abertura de portas apenas para eles, como também no apagamento das mulheres que trabalharam nessas áreas ao longo dos anos.


Segundo dados divulgados pela UNESCO, apenas 30% dos pesquisadores em todo o mundo são mulheres, e desse total apenas 35% delas estão inscritas em cursos de Ciência, Tecnologia, Engenharias e Matemática.


E se esses números ainda não te chamaram a atenção, é importante ressaltar que no Brasil, apenas 14% das posições da Academia Brasileira de Ciência são compostas por mulheres. O próprio Prêmio Nobel, criado em 1901, já foi concedido a mais de 622 pessoas nas áreas de Ciências, mas adivinhe quantos desses nomes pertencem a mulheres? Somente 22.


Dessa forma, a relevância do dia 11 de fevereiro se mostra através da necessidade de lembrar mulheres como Marie Curie, Rosalind Franklin, Nettie Stevens e Ada Lovelace, a fim de servir de inspiração para promover cada vez mais o acesso igualitário para meninas e mulheres nas Ciências.


Nesse sentido, é importante entender os vieses que destacam a relevância da data para além de uma celebração: afinal estamos falando de uma construção relativamente recente, e que precisa alterar um panorama social, cultural, econômico e educativo que vem de uma construção de muitas centenas de anos.


Uma Empresa Júnior que se preocupa com a representatividade feminina


Somos uma empresa júnior composta majoritariamente por uma gestão feminina, por isso valorizamos as mulheres e as meninas na ciência e reforçamos a importância da participação de muitas outras que queiram se integrar às atividades científicas.


Temos experiência na execução de projetos personalizados e estamos comprometidos com a promoção da equidade de gênero na Ciência, em consonância com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) definidos na Agenda 2030.


A todas as mulheres e meninas pesquisadoras, a GeoAmbiental Jr. as parabeniza!





Referências Bibliográficas:

USP Mulheres - Dia Internacional das Mulheres e Meninas nas Ciências:


ONU News - Mulheres representam apenas 28% dos graduados em engenharia: https://news.un.org/pt/story/2021/02/1741172



Universidade Federal de Ouro Preto - 11 de fevereiro - Dia Internacional das Mulheres e Meninas na Ciência: https://ufop.br/noticias/institucional/11-de-fevereiro-dia-internacional-das-mulheres-e-meninas-na-ciencia


Posts recentes

Ver tudo

Kommentare


bottom of page